30.10.11

amen

24.10.11

estamos ricos



Every time it rains it rains
Pennies from heaven.
Don't you know each cloud contains
Pennies from heaven.
You'll find your fortune falling
All over town.
Be sure that your umbrella is upside down.
Trade them for a package of sunshine and flowers.
If you want the things you love
You must have showers.
So when you hear it thunder
Don't run under a tree.
There'll be pennies from heaven for you and me

20.10.11

hello, world

Estado da minha aprendizagem de C:
Não percebo um c*ralho disto, vou para stripper.

o desafio da fotografia, ou como a christina aguentou 12 dias sem ser calaceira

Um anónimo perguntou no último post o que aconteceu ao desafio de 30 dias de fotografia.
Bem, o que aconteceu foi o seguinte: o desafio do dia 12 foi o pôr-do-sol. E nesse dia, quando saí de um edíficio fechado, já era noite escura. Pensei que deixaria para o outro dia. E no dia seguinte acontece o mesmo, e ainda pior, porque cheguei a casa tarde e a más horas e não deu para fazer o desafio desse dia. No dia seguinte, lá fui eu para Cascais e decidi não levar a minha SLR para lá - além de que estive tão ocupada com o cocktail de caridade do South Africans in Portugal para o Nelson Mandela Children's Fund UK (angariamos quase 1000€, boa!) que não iria dar para tirar nada - porque as fotos que tiro são planeadas ao milímetro, muitas vezes preciso do tripé e do Photoshop e mais não sei o quê. Por isso deixei em pausa... até o correspondente dia em Novembro, acho que faz mais sentido os dias coincidirem.
Saibam que fico feliz por alguém ter gostado e sentido "a falta" deles!

(E agora cá vou eu entrar de cabeça a tentar aprender C sozinha. Wish me luck!)

19.10.11

Treponema pallidum

Porque é quando a prof de Microbiologia perguntou "sabem o que é a Sífilis, não sabem?" toda a gente se virou para mim?
Não tenho culpa de ter interesses mórbidos.

17.10.11

cabeça de aluguer

Ouvem-se histórias de quem paga 5000€ a outrém para fazerem teses de mestrado ou doutoramento. Eu cá, vendo o trabalho e tempo que dá a fazer a gestação duma coisa dessas, acho que devia ser 50.000€, como as barrigas de aluguer.




(Post dedicado Àquele Que Não Gosta De Saias Travadas, que deu à luz uma tese de física teórica hoje pelas 3.30 da manhã. Pai e filho estão de boa saúde)

16.10.11

fenómenos

Vim ao lado de um gajo no intercidades que foi todo o caminho a colar recibos num Moleskine. Não me espantou que saísse no Entroncamento.

11.10.11

day 11 - something blue

day 11 - something blue, originally uploaded by Christina Branco.
Uma flor de casa dos meus avós, metida dentro dum matraz a apanhar sol na beira da janela.

White Peach Photo

10.10.11

day 10 - a childhood memory

Eu, a minha chupeta que foi difícil de largar (a minha mãe não ma conseguiu tirar até aos 4/5 anos) e a ursinha Úrsula, que dorme comigo desde que cheguei a Portugal.

White Peach Photo

6.10.11

day 6 - from a low angle



White Peach Photo

caluda!


Uma espécie de PostSecret tuga, em que me divirto mais com os comentários do que com os segredos
(chamar assassina a uma rapariga de 15 anos que fez um aborto, dizer a uma pessoa que fuma que vai ter cancro e morrer, entre outras coisas giras)

3.10.11

day 3 - clouds

day 3 - clouds, originally uploaded by Christina Branco.


White Peach Photo

precisamos de umas pulseiras daquelas de borracha

Esta semana é a semana da consciencialização para as doenças mentais. Como não é para nos vestirmos de azul para o autismo ou dizer a cor do soutien para o cancro da mama, não há assim muitos estados sobre o apoio às pessoas com perturbações mentais no Facebook e afins.
Pois é, não está na moda.

2.10.11

day 2: what you wore today

É Domingo, não saí de casa e fiquei de camisa de noite (da minha mãe, agora minha) e casaco-de-andar-por-casa gigante (da minha avó, agora meu). Note-se os óculos sempre a cair nariz abaixo.

White Peach Photo

sexo e a aldeia

Quem já lê isto há algum tempo sabe que gosto de ir ver as estatísticas disto e ficar embasbacada com alguns dos termos de pesquisa que vão dar a este blog. Desta vez calhou de ser "blogs tipo sexo e a cidade".
Além de adorar esta gente que pensa que o Google é mesmo um senhor para nos recomendar coisas tipo, fico sem saber se hei-de ficar feliz (do pouco que vi, a personagem principal é uma cronista no New York Times, um trabalhito que não me importava de ter) ou dar a minha colecção considerável de sapatos aos pobres.

1.10.11

olha que coisa mai querida


Aqui a saia travada desenhada por uma madeirense fofinha,  hoje no IberAnime2011 no Pavilhão Rosa Mota. Não resisti e agora até é a minha imagem no Blogger. Sim, sou fã de japanesices.

morning song

Morning Song

Love set you going like a fat gold watch.
The midwife slapped your footsoles, and your bald cry
Took its place among the elements.

Our voices echo, magnifying your arrival. New statue.
In a drafty museum, your nakedness
Shadows our safety. We stand round blankly as walls.

I'm no more your mother
Than the cloud that distils a mirror to reflect its own slow
Effacement at the wind's hand.

All night your moth-breath
Flickers among the flat pink roses. I wake to listen:
A far sea moves in my ear.

One cry, and I stumble from bed, cow-heavy and floral
In my Victorian nightgown.
Your mouth opens clean as a cat's. The window square

Whitens and swallows its dull stars. And now you try
Your handful of notes;
The clear vowels rise like balloons.

- Sylvia Plath, Ariel

(poema dedicado ao meu sobrinho nascido semana passada, muito desejado desde praticamente o momento em que me apercebi que ter irmãos mais velhos me dava uma elevada probabilidade de ser tia)

Day 1 - a self portrait

Day 1 - a self portrait, originally uploaded by Christina Branco.



White Peach Photo